O que é

O OnlyOnline, credenciado pelo CFP-Conselho Federal de Psicologia, oferece os seguintes serviços psicológicos online (via internet):

Terapia Online (de base cognitivo-comportamental), Orientação e Aconselhamento psicológico.

Não importa onde você more ou esteja, inclusive fora do Brasil, se não dispõe de tempo ou por qualquer razão não quer se deslocar até um consultório, agora é possível fazer Terapia de onde você estiver, utilizando a internet, em dias e horários bem mais flexíveis dos que daqueles disponíveis em consultório. Da mesma forma do que a Terapia Presencial (realizada em consultório) a Terapia Online, tem como foco principal atender e tratar demandas emocionais e psicológicas de modo aprofundado e em processo contínuo, sem limitação de número de sessões. A única diferença é que ela é realizada através da internet, utilizando-se um dispositivo de acesso (computador, celular, notebook ou tablet). As consultas acontecem em ambiente virtual, utilizando-se mensageiros dotados de criptografia, geralmente o WhatsApp ou Skype. Eventualmente a consulta pode ser realizada via email ; mensagens de texto ou gravações de imagens e voz.

A Terapia Online observa o mesmo rigor técnico da Terapia Presencial e também as determinações expressas no Código de Ética do profissional Psicólogo. A resolução de número 11 de 11 de maio de 2018 do CFP-Conselho Federal de Psicologia, reconheceu a efetividade da Psicoterapia Online, sem limite de número de sessões, desde que seja praticada por profissional credenciado pelo Conselho Federal de Psicologia (registro e-Psi). Embora o reconhecimento da efetividade da Terapia Online aqui no Brasil, seja bem posterior ao que já écomum em vários países, a referida resolução passou a viabilizar o atendimento de centenas de milhares de pessoas em muitas regiões e mesmo no exterior, que não contavam com nenhum tipo de assistência psicológica.

O termo Terapia ou Psicoterapia abrange todos os métodos de tratamentos psicológicos e busca: remover, modificar ou retardar sintomas existentes; corrigir padrões de comportamentos desadaptados e promover o desenvolvimento e o crescimento positivo da personalidade.

Pode-se definir a Terapia como um processo cognitivo, emocional, comportamental e social complexo, que ocorre num contexto interpessoal (paciente e terapeuta).

O processo terapêutico, na perspectiva cognitivo-comportamental, envolve em geral oito passos ou movimentos: conceituação do(s) problema(s) enfrentado(s) pelo paciente ou análise comportamental, desenvolvimento de uma relação de cooperação/participação ativa (paciente e terapeuta); motivação para o tratamento; formulação do problema; estabelecimento em comum de metas; educação do paciente sobre o modelo cognitivo-comportamental; intervenções cognitivo-comportamentais  e prevenção de recaídas. Ainda nesta perspectiva, uma relação terapêutica é eficaz quando existe uma interação entre as qualidades pessoais do paciente e do terapeuta.

A Psicoterapia Cognitivo–comportamental é uma técnica reeducativa e que foi desenvolvida, aprimorada e extensamente difundida na Europa e nos Estados Unidos nas recentes décadas e vem mostrando-se eficaz para tratar os estados de ansiedade e outros distúrbios psicológicos.

A TCC (um termo mais comum), pode ou não ser associada a medicamentos, entretanto passa a ser a principal forma de terapia, quando não há indicação para o uso de medicamento ou este cause efeitos colaterais intoleráveis ou ainda existe impossibilidade clínica para o seu uso.

O pressuposto central da Teoria Comportamental é o de que um comportamento disfuncional foi aprendido e que pode ser desencadeado por sinais internos e externos associados a ele.

A Terapia Comportamental auxilia o indivíduo a modificar a relação entre a situação que está criando dificuldade e a habitual reação emocional e comportamental que ele tem naquela circunstância, mediante a aprendizagem de uma nova modalidade de reação. A nova aprendizagem é conseguida através de técnicas apropriadas a cada caso. A Cognição é um termo amplo que se refere ao conteúdo dos pensamentos e aos processos envolvidos no ato de pensar. Assim, são aspectos da cognição as formas particulares de perceber e processar as informações, os mecanismos e conteúdos de memórias e lembranças, estratégias e atitudes na resolução de problemas.

A Terapia Cognitiva nasceu nos EUA na década de 60, com trabalhos pioneiros de Aaron T. Beck, M.D. e na década de 80 atingiu o status de “sistema de psicoterapia”, consistindo em : (1)uma teoria de personalidade e de psicopatologia com sólidos achados empíricos para sustentar seus postulados básicos; (2)um modelo de psicoterapia com conjuntos de princípios e estratégias que combinavam com a teoria da psicopatologia e (3)achados empíricos sólidos embasados em estudos de resultados clínicos para apoiar a eficácia dessa abordagem. A Terapia Cognitiva tem suas origens em correntes filosóficas e religiões antigas como o estoicismo grego, taoísmo, budismo que postulavam a influência das idéias sobre as emoções.

Diversas formas de terapia cognitivo-comportamental foram desenvolvidas por pesquisadores e teóricos importantes e podem ser classificados sob duas referencias epistemológicas básicas: o Objetivismo ou Racionalismo e o Construtivismo – Nos EUA o pioneiro Aaron Beck, Albert Ellis com a terapia racional-emotiva, Donald Meichenbaum com a terapia de modificação cognitivo-comportamental, entre outros e os Construtivistas- Na Itália Vittorio Guidano com a terapia cognitiva pós-racionalista, em Portugal Óscar Gonçalves-com a terapia cognitiva narrativa, Michael Mahoney, Construtivismo, entre outros.

Sem destacarmos as particularidades de cada uma das referencias epistemológicas, podemos entender que as terapias Cognitivas baseiam-se no pressuposto teórico de que os afetos e os comportamentos de um indivíduo são determinados em grande medida pelo seu modo de estruturar o mundo.

Isto quer dizer que a visão do mundo possuída por uma pessoa, influencia a forma como pensa, sente e age.

As técnicas psicoterápicas a auxiliam a identificar, avaliar, controlar e a modificar as crenças que comandam a sua visão de mundo e que podem ser disfuncionais . Crenças são "certezas" que o indivíduo constrói através da experiência e algumas podem condicionar a sua vida, perturbando-o, podem ser : "Tenho que ser perfeito"; "Sou um incapaz"; "O mundo é perigoso".

Leia mais sobre a TCC em reportagem publicada na revista Isto É edição 2123

Para Ler Mais Clique Aqui

Avaliação Psicológica, incluindo aplicação e levantamento de instrumentos psicométricos e de personalidade:

No OnlyOnline, os instrumentos (testes psicológicos) que são utilizados na avaliação psicológica, estão em conformidade com a Resolução CFP Nº 009/2018 , que estabelece diretrizes para a realização de Avaliação Psicológica no exercício profissional do psicólogo e regulamenta o Sistema de Avaliação de Testes Psicológicos – SATEPSI.

Para conduzir  Terapia Online ou prestar qualquer serviço psicológico Online ou via telefone, não basta ser Psicólogo, com registro no CRP (Conselho Regional de Psicologia). Portanto, além do Psicológo ser inscrito no CRP, ele deverá também ter o credenciamento e-Psi no CFP(Conselho Federal de Psicologia). Se você estiver interessado em utilizar serviços psicológicos Online, confira se o profissional está devidamente credenciado em ambos os Conselhos (CRP/CFP E-Psi) e com registros ativos(válidos).

Open chat